Estalido No Escuro

E Agora, Zé?

Compositor: Agenor Braga

O sol e um soco na cara
As algemas quebradas
Na cara, rugas, um talho
Morrer não é um atalho

Coloquei as mãos no fogo
Devagar corpo todo
No bolso, a identidade perdida
Lembrei que já amei um dia

O beijo foi um estalido no escuro
O beijo foi um estalido no escuro
Um pulo do muro

Meu desejo não era vaidade
Larguei e deixei o medo
No cinzeiro

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital